domingo, 9 de outubro de 2011

Coragem...


O que a vida espera da gente é coragem.

Coragem para começar e, quando for preciso, para recomeçar.

Coragem para sonhar e para lutar pelo que se sonhou.

Coragem para terminar, porque toda etapa um dia chega ao final.

Coragem para falar e ainda mais para ouvir.

Coragem para amar, mesmo com todos os riscos que isso acarreta.

Coragem para ficar, coragem para partir.

Coragem para abrir uma porta e, talvez, para fechá-la mais tarde.

Coragem para aceitar o que a gente não pode mudar.

Coragem para mudar o que a gente pode.

Coragem para sorrir e muito mais para chorar.

Coragem para perdoar, e também para esquecer.

Coragem para voltar atrás, ou talvez para seguir em frente.

Coragem para esperar e para confiar no tempo.

Coragem para cantar, para brilhar, para ser feliz, mesmo sem saber o que virá pela frente.

E por fim, coragem para viver. E para aceitar que um belo dia se morre.

2 comentários:

Karam Valdo disse...

Você sabe da onde vem a palavra coragem? é um derivado da palavra coração em latim. Isso me explica que fazer algo com coragem, é fazer o que o meu coração diz, mesmo se a minha cabeça (ou a cabeça dois outros espelhada em mim) diz exatamente o contrário.
Parece simples, é até um chavão, mas só de olhar em volta é possível ver quantas pessoas que conhecemos que não seguiram essa regrinha... e se mantém nos empregos que detestam por causa de dinheiro, com pessoas que suportam por causa do comodismo e etc...
Quando eu falo em coragem, penso em alguém estufando o peito, entregando o seu coração para o mundo.

Cacá - José Cláudio disse...

“O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem” (Guimarães Rosa)