sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Vinho, blues e poesia...



Acho os momentos de solidão tão bons - e tão necessários - quanto os momentos de euforia junto aos amigos. É na solidão que refletimos sobre os rumos de nossas vidas – talvez por isso tanta gente tenha medo dela. É quando aproveitamos para descansar do mundo, ler um bom livro, degustar um bom vinho com toda a calma ou apreciar uma música mais profunda. E talvez por isso tais momentos sejam tão reveladores: é nesse pequeno espaço que converso com quem mais me entende neste mundo: eu mesma.

2 comentários:

Nikolas disse...

Sempre transbordando belas palavras e pensamentos!... Já te falei que adoro seu blog? ;) Beijo enorme Kaah

sharemaniacs disse...

Os momentos de curtição e os de solidão se complementam.
Ninguém é uma ilha, e além de discontração e socialização serve como aprendizado ou captção de novas ideias e pontos de vista.
E os momentos solitários de reflexão e solidão são essenciais para análise e formação de opinião.

Gostei do blog :-)